Archive | Boas vindas! RSS feed for this section

O manual do bêbado

24 Jan

Pra quem encheu a lata esse final de semana…

Coisas que são DIFÍCEIS de dizer quando você está bêbado: – Indubitavelmente. – Preliminarmente. – Proliferação. – Inconstitucional.

Coisas que são EXTREMAMENTE DIFÍCEIS de dizer quando você esta bêbado: – Especificidade.. – Transubstanciado. – Verossimilhança. – Três tigres.

Coisas que são TOTALMENTE IMPOSSÍVEIS de dizer quando você está bêbado: – Puta merda, que menina feia!!!! – Chega, já bebi demais…. – Sai fora, você não é o meu tipo…

MANUAL PRÁTICO

Como agir quando se bebeu demais e está com os seguintes sintomas:

SINTOMA: Pés frios e úmidos. CAUSA: Você está segurando o copo pelo lado errado.. SOLUÇÃO: Gire o copo até que a parte aberta esteja virada para cima.

SINTOMA: Pés quentes e úmidos. CAUSA: Você fez xixi. SOLUÇÃO: Vá se secar no banheiro mais próximo.

SINTOMA: A parede a sua frente está cheia de luzes. CAUSA: Você caiu de costas no chão. SOLUÇÃO: Coloque seu corpo a 90 graus do solo.

SINTOMA: O chão está embaçado. CAUSA: Você está olhando para o chão através do fundo do seu copo vazio. SOLUÇÃO: Compre outra cerveja ou similar.

SINTOMA: O chão está se movendo. CAUSA: Você está sendo carregado ou arrastado. SOLUÇÃO: Pergunte se estão te levando para outro bar.

SINTOMA: O local ficou completamente escuro. CAUSA: O bar fechou. SOLUÇÃO: Pergunte ao garçom o endereço de sua casa.

SINTOMA: O motorista do táxi é um elefante rosa. CAUSA: Você bebeu muitíssimo. SOLUÇÃO: Peça ao elefante que o leve para o hospital mais próximo.

SINTOMA: Você está olhando um espelho que se move como água. CAUSA: Você está para vomitar em uma privada. SOLUÇÃO: Enfie o dedo na garganta

SINTOMA: As pessoas falam produzindo um misterioso eco. CAUSA: Você está com a garrafa de cerveja na orelha. SOLUÇÃO: Deixe de ser palhaço.

SINTOMA: A danceteria se move muito e a música é muito repetitiva. CAUSA: Você está em uma ambulância. SOLUÇÃO: Não se mova. Possível coma alcoólico.

SINTOMA: A fortíssima luz da danceteria está cegando seus olhos… CAUSA: Você está na rua e já é dia. SOLUÇÃO: Tente encontrar o caminho de volta para casa.

SINTOMA: Seu amigo não liga para o que você fala. CAUSA: Você está falando com uma caixa de correios. SOLUÇÃO: Procure seu amigo para que ele te leve para casa.

SINTOMA: Seu amigo não pára de falar repetidamente as mesmas palavras CAUSA: Você está falando com o cachorro do vizinho SOLUÇÃO: Peça pra ele mostrar onde é sua casa.

Texto do Moacir Japiassu, aqui.

Salada no espeto

24 Jan

Salada no espeto

Salada no espeto: charme e sabor

Foto: Eduardo Delfim

Tipo de prato: Entrada
Preparo: Zás-trás (até 15 minutos)
Rendimento: 20 porções
Dificuldade: Fácil
Categoria: Salada
Calorias: 100 por porção

Ingredientes

. 300 g de bolinhas de mussarela de búfala . 1/4 de xícara (chá) de azeite . 1 colher (sopa) de orégano . 1 colher (chá) de sal . 1 colher (chá) de pimenta-calabresa . 10 tomates-cereja cortados ao meio . 150 g de rabanetes pequenos cortados ao meio . 1 pepino japonês cortado em rodelas de 1 cm de espessura . 40 folhas de hortelã

Modo de preparo

1. Corte as bolinhas de mussarela ao meio e tempere com o azeite, o orégano, o sal e a pimenta.

2. Monte os espetinhos intercalando o tomate-cereja com os rabanetes, a mussarela temperada, o pepino japonês e as folhas de hortelã.

Propriedades Nutricionais do Morango

24 Jan

É difícil resistir ao aroma e sabor desta fruta vermelha tão linda que é o morango não é? Só de olhar a foto já dá vontade de correr atras de um! Mas você sabe quais propriedade nutricionais ele possui?

Pois é, esta fruta vai muito além de sua aparência e sabor, é rica em diversas vitaminas, minerais e fibras.
O morango é rico em vitamina C, compostos fenólicos (grupo de antioxidantes que combatem os radicais livres), bioflavonóides, fibras solúveis e insolúveis, etc. Seus benefícios ao corpo humano são os mais diversos possíveis, o morango estimula o apetite, facilita a digestão, aumenta a resistência do corpo às infecções, contribui para a diminuição do colesterol ruim, ação antioxidante, efeito diurético, ação antiinflamatória em reumatismo e gota, ajuda na formação do colágeno, contribui para cicatrização de ferimentos, ajuda no desenvolvimento e regeneração dos músculos, pele, ossos e dentes, entre outros. O morango não contém muitas calorias, 100g da fruta crua possui apenas 32 calorias.

Para maior proveito de seus benefícios é indicado que o morango seja consumido inteiro e in natura. O morango em temperatura ambiente pode ser conservado no máximo por dois dias, já sob refrigeração abaixo de dez graus sua duração é muito maior.

Vale ressaltar que apesar de todos esses benefícios, devemos tomar cuidado com o consumo indiscriminado do morango. As sementes dessa fruta contém fibras insolúveis que podem ser prejudiciais para pessoas com distúrbios intestinais como a diverticulite e com predisposição a desenvolver pedras nos rins.
Por isso, recomenda-se a ingestão regular sem exageros, sob a orientação de um nutricionista.

via http://nayanegbpacheco.blogspot.com.br/

Os drinks do cinema

23 Jan

O site EveryGuyed, em parceria com a Suitored e o Moxy Creative House, criou uma lista com 20 drinks famosos de filmes famosos, consumidas por homens. A lista completa você confere aqui. Vale um click”

Salada de camarão com manga

23 Jan

Salada de camarão com manga

Salada de camarão com manga: uma mistura maravilhosa!

Foto: Pedro Rubens

Tipo de prato: Prato principal
Preparo: Demorado (acima de 45 minutos)
Rendimento: 471 por porção
Dificuldade: Médio
Categoria: Salada
Calorias: 12 porções

Ingredientes

. 1,2 kg de camarão médio limpo . 1 colher (sopa) de sal . 3 colheres (sopa) de cebolinha verde picada . 1/4 de colher (chá) de pimenta-do-reino branca . 3 colheres (sopa) de molho de soja (shoyu) . 1 cebola grande (150 g) picada . 1 1/2 xícara de azeite de oliva (360 ml) . 1 1/2 xícara de água (360 ml) . 1 envelope de gelatina em pó, sem sabor, incolor (12 g) . 4 mangas grandes (2,2 kg) . 1 maço de rúcula médio (430 g  para decorar)

Modo de preparo

Unte com óleo a lateral de uma fôrma de abrir de 25 cm de diâmetro. Coloque no centro do prato em que a salada será servida e reserve. Corte os camarões ao meio na horizontal e coloque numa tigela média. Junte o sal, a cebolinha verde, a pimenta-do-reino e o shoyu e misture bem. Reserve.

Numa panela média, em fogo médio, refogue a cebola no azeite de oliva, mexendo às vezes, até ficar macia (aproximadamente 4 minutos). Acrescente a mistura de camarão reservada e refogue, mexendo delicadamente, até o camarão ficar rosado (cerca de 5 minutos). Tire do fogo e reserve. Separe algumas metades de camarão para decorar.

Numa panela pequena, polvilhe a água com a gelatina. Leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até a gelatina derreter. Reserve. Descasque duas mangas, corte ao meio e retire o caroço. Corte a polpa em cubinhos, acrescente à mistura de camarão reservada e mexa cuidadosamente. Reserve.

Descasque as mangas restantes, corte-as ao meio e retire o caroço. Corte em fatias de 0,5 cm. Corte cada fatia ao meio no sentido do comprimento e, depois, cada metade em tiras de 2 cm de largura (separe algumas tiras de manga para decorar). Passe cada tira na gelatina derretida reservada e cole, uma a uma, na lateral preparada formando uma cerca.

À medida que for colando, preencha com um pouco da mistura de camarão reservada para manter as tiras no lugar. Termine de rechear com o restante da mistura. Alise bem a superfície com uma espátula. Decore o centro com as fatias de manga reservadas e a borda com as metades de camarão reservadas.

Cubra com filme plástico e deixe na geladeira por cerca de 2 horas. Limpe a rúcula separando as folhas, lave e escorra. Reserve. Cuidadosamente, abra a lateral da fôrma que envolve a salada e retire-a. Ao redor, distribua as folhas de rúcula. Sirva a seguir.

via m de mulher

3 Passos para conseguir baixar o ponteiro da balança

23 Jan

Os piores nomes de comida

22 Jan

O site americano Rude Foode Names coleciona os piores nomes de bebidas e comidas

Espuma de morango com hortelã

22 Jan

Rende 6 porções

Ingredientes

• 1 caixinha de gelatina sabor morango

• 1 copo de iogurte sabor morango

• 2 xícaras de morango picado, mais algumas metades da fruta para enfeitar

• 3 colheres de sopa de açúcar (ou adoçante a gosto, se preferir fazer esta receita com gelatina e iogurte diet)

• 3 colheres de sopa de hortelã picada, mais algumas folhas para enfeitar

 

Modo de preparo Prepare a gelatina conforme as instruções da embalagem, mas com metade da água indicada. Então, leve à geladeira até ficar praticamente firme. No liquidificador, coloque o iogurte, o morango, o açúcar (ou adoçante) e a hortelã. Bata bem. Junte a gelatina e bata ligeiramente, apenas o suficiente para misturar tudo. Leve de volta à geladeira, enfeitando com morangos e folhas de hortelã. Espere cerca de duas horas antes de servir.

Voltamos com a corda toda!! Não percam!!!

22 Jan

10 passos para começar 2014 cheia de energia

22 Jan

1.
Malhe com prazer
A prática de exercício físico libera dois
hormônios: a endorfina, que alivia o stress, e a dopamina, que dá sensação de
prazer. Mexer-se é, portanto, fundamental. Mas o bacana, aconselha Ilana
Levinson, psicóloga clínica e desportiva do Rio de Janeiro, é encontrar uma
atividade que dê bem-estar físico, mental e emocional. Na dúvida, experimente
diferentes modalidades e escolha a que mais a estimula. Não descarte opções
inusitadas, como juntar aula de ioga com piquenique, como sugere Letícia Klimas,
professora da Bio Ritmo de São Paulo.

2. Explore o poder dos
líquidos
A começar pela água, que é um ótimo energizante, pois faz
o transporte de nutrientes para as células. Essencial a todos os processos
metabólicos vitais para o organismo, ela ainda melhora o funcionamento dos rins
e do intestino, elimina toxinas pela urina e pelo suor e ajuda na circulação
sanguínea. Um verdadeiro elixir! “O ideal é ingerir de 2 a 3 litros por dia”,
aconselha a nutricionista Amélia Duarte. Os sucos também são excelentes
energéticos. Experimente este, feito com 2 folhas de couve, 1 cenoura, 1 maçã, 1
pedaço pequeno de gengibre e 200 ml de água de coco. Dá o maior pique!

3. Coloque alimentos funcionais na dieta
Eles têm
substâncias bioativas que protegem a saúde e aumentam a energia: tudo de que
você precisa! A nutricionista baiana Amélia Duarte escolheu alguns dos mais
energéticos: Maçã – carrega vitaminas do complexo B, além de fósforo e potássio,
combatendo o stress e a fadiga. Banana – turbina a energia por ser das melhores
fontes de potássio e vitamina B6. Pimenta – melhora a circulação sanguínea e a
libido. Romã – age na renovação celular. Nozes – ricas em vitaminas e minerais,
que dão muita disposição. Lentilha – aumenta o ânimo porque tem boa dose de
enxofre. Sementes de gergelim, girassol e abóbora – estimulam o metabolismo dos
carboidratos, liberando energia.

4. Gerencie sua mente para o
sucesso
Classifique os pensamentos que transitam pela sua cabeça e
use-os a seu favor, propõe o neurocirurgião Fernando Gomes Pinto, de São Paulo.
Para isso, ele sugere uma tabela que inclui cinco critérios de análise: a
qualidade (se é bom ou ruim), a origem (se é seu ou dos outros), a frequência
(passageiro ou persistente), o teor (construtivo ou transformador), a essência
(romântico, criativo…). O passo seguinte é fazer dos pensamentos bons,
criativos e positivos o pano de fundo da mente. “Eles criam realidades no mundo
físico”, diz o médico. E quem duvida?

5. Corte sal, açúcar e
farinha branca
“Prefira alimentos integrais”, aconselha Amélia
Duarte. Além de mais nutritivos, são ricos em fibras, que ajudam a regular o
trânsito intestinal e, assim, aumentam a energia. E reduza o uso de dois grandes
inimigos da disposição: o açúcar branco, que, segundo Amélia, causa fadiga, e o sal,
sabotador da energia, porque em excesso provoca desequilíbrio entre líquidos e
minerais, alterando a pressão arterial. Opte por açúcar mascavo ou demerara e
sal marinho.

6. Curta o verde
Os benefícios de
estar em contato com a natureza já foram comprovados cientificamente. Pesquisa
da Universidade de Chiba, no Japão, garante que a terapia da floresta é mais do
que relaxante. Bastam 40 minutos de contemplação e caminhada para uma redução de
até 16% no stress, de 2% na pressão arterial e de 4% nos batimentos cardíacos! E
tem mais: esse contato com o verde estimula a produção de células que combatem
infecções e tumores, benefício que se estende até um mês depois do passeio. Tudo
de bom!

7. Busque sua verdadeira motivação
“Quanto
mais você se conhece e se aceita, mais chance tem de ser feliz”, diz Fernando
Gomes Pinto. No livro Você Sabe Como Seu Cérebro Cria Pensamentos? (editora
Segmento Farma), ele propõe um exercício de cinco dias que nos ensina a buscar
autoconhecimento e motivação real. A cada dia, responda a uma pergunta. Dia 1.
Quem sou eu? Dia 2. Quem são meus pais? Dia 3. Qual a minha verdadeira função no
mundo? Dia 4. O que acontecerá com a minha capacidade de pensar quando eu
morrer? A cada etapa, anote tudo que vier à mente. Dia 5. Reúna todos os textos
anteriores em um, resuma e sintetize em uma palavra, sensação, ideia, paisagem,
para ser lembrada sempre, resgatando quem é você e o que a motiva.

8. Aproveite a praia para malhar
A ideia é excelente
por vários motivos: só o fato de pisar na areia, sentir a brisa do mar e o calor
do sol dá o maior gás. Além disso, quebrar a rotina também é estimulante. Pode
ser corrida, frescobol ou vôlei de praia. “O bom das atividades que envolvem
outras pessoas é que se tem uma motivação a mais: encontrar os amigos”, diz
Robinson Kennedy, treinador da Body Systems. E nada de se matar: exercite-se
entre 20 e 40 minutos, no início da manhã ou final de tarde, e depois dê um
energizante mergulho. Mas não se esqueça, claro, de se proteger contra o sol.

9. Inclua a meditação na sua rotina
A professora
Maria José Piva Rocha Corrêa, da Associação Palas Athena, em São Paulo, explica
que meditar reduz o ritmo da atividade cerebral, diminui a pressão sanguínea,
desacelera os batimentos cardíacos e o metabolismo. Ou seja: é um santo remédio
contra ansiedade e irritação. “Toda prática meditativa tem início quando se
orienta a mente para um foco, que pode ser a respiração”, ensina a professora.
Concentrar-se na observação da sua respiração, inspirando e expirando sete
vezes, já é um bom começo. Gradativamente, amplie o tempo até 20 minutos, uma ou
duas vezes ao dia.

10. Descubra o tempero da sua vida

Eis a proposta que a antropóloga francesa Françoise Héritier faz no
livro O Sal da Vida (editora Valentina). Depois de calcular o tempo que uma
pessoa ocupa com trabalho, sono, tarefas domésticas, higiene, refeições e
compromissos, ela chegou à conclusão de que sobra, em média, uma hora e meia por
dia para fazer o que se gosta. No livro, ela lista pequenas coisas que deixam a
vida mais saborosa: “O café da manhã ao ar livre, folhear álbuns de fotos,
arrumar uma bela mesa, dançar, saborear ostras à beira-mar…” Qual o sal da
sua? Aproveite o início do novo ano para começar a sua lista!

Via revista boa forma